New Call-to-action
Carlos Ribeiro
Tempo de leitura: 4 minutos – 29 de Junho de 2017

Medição eletrônica nos tanques: como funciona e quais benefícios

Muitos gestores de postos de combustíveis buscam a tecnologia dos produtos da Gilbarco Veeder-Root com o objetivo de aprimorar o controle estratégico sobre o estoque, reduzir o risco de vazamentos e acompanhar a movimentação nas bombas do posto.

Quando o assunto é a medição dos níveis presentes nos tanques subterrâneos, as soluções eletrônicas, como o sistema de medição de tanques e monitoramento ambiental, se destacam como as opções com melhor custo benefício e resultados mais precisos. 

A averiguação dos tanques é um processo importante e bem recorrente na rotina de qualquer posto de combustíveis, porém, aqueles que investem no sistema eletrônico colhem frutos importantes, como a economia de dinheiro, a eliminação do desperdício, a redução do risco de erros de cálculo na hora da reposição e a rápida detecção de fraudes, contaminações de produto e vazamentos. Vale ressaltar que após a revisão na norma NR9 do ministério do trabalho (mais precisamente no anexo 2), os postos precisam adotar tecnologia eletrônica de medição nos tanques, o que faz com que os sistemas de monitoramento sejam não só uma vantagem como uma obrigação do empreendimento. 


Nós selecionamos abaixo algumas informações sobre os benefícios da medição eletrônica de combustível e como o seu posto pode se beneficiar deste recurso. Confira!

 

As formas de realizar a medição dos níveis do tanque


Existem duas tecnologias comumente comercializadas de medição de níveis de tanques de combustível dos postos de combustíveis . A medição eletrônica e o sistema que usa da tecnologia pneumática.

Este último foi líder de uso durante anos, principalmente nas décadas passadas, quando os sistemas eletrônicos não possuíam o nível de sofisticação que vemos atualmente.

Apesar de estar próximo da obsolescência, o sistema pneumático de medição ainda está disponível no mercado com um preço inferior às tecnologias digitais, mas com muito menos recursos e com uma precisão bem inferior.

Seu principal concorrente são os sistemas eletrônicos. Eles possuem um custo de instalação maior, porém, são dotados de funcionalidades e ferramentas que garantem resultados mais exatos e capazes de eliminar grande parte imprecisão dos relatórios administrativos.

Para realizar a averiguação dos tanques, os sistemas possuem sondas magnetostrictivas que são capazes de calcular o volume de combustível presente dentro dos tanques.

Ao contrário do processo pneumático, que utiliza de pressão, o processo magnetostrictivo oferece melhores resultados a um custo acessível ao posto revendedor. O retorno sobre o investimento em sistema de medição com este nível de tecnologia tende a ser de médio prazo. Faça uma simulação!

Além dos dois processos mais comuns, existem também medições que utilizam de princípios da ótica para fazer o cálculo (e que não entregam resultados superiores ao sistema magnetostrictivo) e, por fim, o sistema de tecnologia de medição por radar, algo que é extremamente específico e caro, sendo utilizado apenas por grandes empresas devido ao altíssimo custo de instalação.

 

Vantagens da medição eletrônica


O sistema eletrônico não tem como única vantagem a sua precisão. Listamos abaixo alguns dos outros recursos e em quais situações eles podem ser úteis para os gestores de postos.


• Controle em tempo real do volume dos tanques

Os sistemas eletrônicos possuem telas que permitem a leitura dos dados do tanque, sem complicações e com uma interface inteligente e intuitiva que facilita a navegação. Além de permitir o acesso remoto através de plataforma WEB, o que permite que o gestor leve os números atualizados sempre a tiracolo.

• Identificação de vazamentos

Ao aferir constantemente o volume dos tanques, o sistema se torna uma poderosa arma contra os vazamentos de combustíveis. Este tipo de acidente pode ser devastador para o meio ambiente e também para o bolso dos gestores/investidores do posto, afinal, as multas ambientais costumam ser bem altas, além disso, o posto corre o risco de ser lacrado e responsabilizado financeiramente por todo os danos causados ao ambiente.

• Relatórios automáticos de descarga

Toda e qualquer movimentação feita nos tanques é detectada pelo sistema, o que significa que ele gera relatórios automáticos cada vez que há uma descarga de combustíveis no tanque. Este recurso é uma poderosa ferramenta contra o desperdício de tempo ocorrido na medição de volume nas entregas de produtos nos tanques. Eliminando, desta forma, todo o controle manual.

Além deste benefício, os relatórios ajudam a controlar as fraudes e detectam qualquer indício de contaminação de combustíveis provenientes de erro de descarga (quando, por exemplo, há uma confusão na hora de abastecer os tanques).

Nova call-to-action

• Fim das fraudes

Postos de gasolina sofrem muito com fraudes durante o processo de reabastecimento dos tanques. São muitos os relatos de gestores que sofreram fraudes antes e durante o transporte da carga, e também no momento de descarregar a carga. O sistema de medição automático de tanque é uma poderosa ferramenta para ajudar a detectar estes desvios.

• Otimização da gestão de estoque

O sistema mede o volume de combustível presente nos tanques, sendo assim, ele funciona como um pilar importantíssimo para sustentar as operações de logística e reposição de estoque do posto. Eles permitem que seja feito um planejamento dos pedidos aos fornecedores, evitando surpresas como a falta de um tipo de combustível.



Meu posto pode ficar sem um sistema de medição?



A resposta mais adequada para esta resposta é: não. Primeiro porque os postos necessitam de um sistema de medição de tanques automáticos, segundo determinação da NR9.

Além disso, seu posto pode, teoricamente, viver sem um sistema de medição, porém, parte fundamental do seu negócio ficará à mercê de um processo arcaico de averiguação no qual qualquer inclinação na régua de medição pode gerar um erro de cálculo envolvendo dezenas de litros de combustível.

Um posto irá sobreviver sem um sistema, mas os prejuízos financeiros e erros de gestão não valem a economia do dinheiro da instalação de um bom sistema de medição. Em um mercado cada vez mais competitivo, renegar melhorias trazidas pela tecnologia pode ser um erro estratégico de grande impacto.

Se você está procurando uma solução com custo benefício equilibrado e retorno garantido, os sistemas de medição da Gilbarco Veeder-Root são uma ótima alternativa para o seu negócio. Entre em contato com nossa equipe ou conheça mais sobre nosso trabalho no site e no blog e descubra porque tantos gestores confiam os equipamentos e serviços mais importantes em nossas mãos!

 

  • Compartilhe

Resultado da busca

Comentários

Conteúdos exclusivos com a propriedade de quem entende do seu negócio.

Assine a newsletter.

Nova call to action