New Call-to-action
Renato Silveira
Tempo de leitura: 4 minutos – 30 de Julho de 2019

A qualificação do Mantenedor de Bomba de Combustíveis

Todo o operador de um posto de combustível já está acostumado a contratar os serviços de uma empresa responsável pela manutenção das bombas de combustíveis.

Via de regra os fabricantes das bombas de abastecimento estabelecem de forma contratual os serviços de manutenção que passam a vigorar após o término da garantia obrigatória de 12 meses.

Durante o período de garantia, em alguns fabricantes, sempre que existir algum problema com o equipamento do cliente basta solicitar a visita de um técnico através do call center do fabricante que o serviço de manutenção é agendado e a peça com falha é consertada. Mas, caso o chamado seja indevido, é gerado um custo para o cliente.

Geralmente, em nosso mercado, algumas empresas de manutenção, elaboram um contrato com os clientes cobrando o valor apenas pela quantidade de bicos de abastecimento que possuem no posto de combustíveis.

O mantenedor de bomba de combustíveis deve ser capacitado e estar preparado para resolver os problemas com as bombas em qualquer dia e horário, afinal de contas “bomba parada é dinheiro perdido”.

Se você já trabalha como mantenedor de bomba de combustíveis ou quer saber como se tornar um profissional desta área, mas não sabe por onde começar, neste artigo você irá conhecer o que é necessário aprender para ser um mantenedor de bombas de combustíveis e entrar para um dos mercados que são responsáveis pelo funcionamento do nosso país.

Um mantenedor de bombas de combustíveis poderá trabalhar em 3 formatos distintos: 

  • ser um técnico contratado de uma indústria fabricante de bombas e, neste caso, prestará o serviço de garantia das bombas vendidas pelo fabricante;
  • ser um empresário ou trabalhar em uma empresa de Manutenção de Bomba Medidora de Combustível (oficina credenciada pelo INMETRO);
  • ser um funcionário contratado por uma rede de combustíveis para fazer a manutenção das bombas dos postos da rede. 

É importante que os candidatos que buscam trabalhar neste segmento tenham conhecimento que o trabalho é realizado em ambiente atmosférico de risco e isso exige os cursos de capacitação obrigatórios, como NR 20, NR 9, entre outros.

 

LEIA TAMBÉM: Descubra como se tornar um Mantenedor Certificado que atua num segmento sem crise.

 

Treinamento com Certificação 

De acordo com o Inmetro, aqueles profissionais que optaram por esta profissão devem fazer uma formação obrigatória com certificação nas instalações de fabricantes de bombas de abastecimento. 

Contando com a chancela de uma fábrica, que é líder nacional e referência no mercado de abastecimento, o treinamento com certificação poderá ser realizado no Centro de Treinamentos Técnicos da Gilbarco Veeder Root. Após o treinamento com certificação, é necessário que estes profissionais façam uma reciclagem anual para manterem-se atualizados com as novas tecnologias e alterações na legislação.

Como credenciar empresas de manutenção das Bombas Medidora de Combustíveis?

Somente as oficinas credenciadas ao Inmetro podem realizar o serviço de manutenção. Para ser uma oficina credenciada, seu representante deve entrar em contato com o Instituto de Pesos e Medidas do Estado (IPEM).

O Instituto avaliará a documentação e, se aprovada, emitirá o número de registro da empresa. De posse desse número, a oficina terá que providenciar os lacres que deverão ser anexados nas bombas após a realização de qualquer reparo. Após a confecção dos lacres, o IPEM agendará a visita de um técnico à oficina, para realizar auditoria.

Caso a oficina esteja em conformidade com todas as exigências, será emitido um certificado autorizando a realização dos serviços de manutenção em bombas. Esse certificado deve ser renovado a cada 12 meses.

Documentos Necessários:

  • Requerimento em papel timbrado solicitando credenciamento da firma como oficina de conserto e manutenção;
  • Carteira de identificação do técnico(s) com foto.
  • Alvará de Localização;
  • Cartão de CNPJ;
  • Cartão de Inscrição Estadual ;
  • Cartão de Inscrição Municipal;
  • Registro de Comércio (Contrato Social);
  • Folha de identificação do técnico;
  • Comprovante de atestado de capacidade técnica (de fábrica);
  • Carteira de identificação e CPF do técnico(s);
  • Código de serviços no alvará de localização: 243078 (descrição do código de serviços: reparo de bombas de gasolina e outros combustíveis).

Outros serviços que podem ser prestados

Para aqueles profissionais que vão trabalhar em empresas próprias de manutenção de bombas de abastecimento existem também outras oportunidades que podem ser exploradas neste segmento como prestação de serviços para infraestrutura do posto como a Instalação e Manutenção de Filtros Prensa de Linha e Instalação, Manutenção de Sistemas de Armazenamento Subterrâneo de Combustíveis (SASC) e até mesmo Serviços de Hidráulica e reparos de elementos de comunicação visual.

Quer se tornar um Mantenedor Certificado?

Se você leu todo este artigo e descobriu sobre a importância do profissional responsável pela manutenção das bombas de abastecimento, pode ser que tenha encontrado uma vocação para atuar num mercado muito dinâmico e promissor.

Afinal de contas, em nosso país existem cerca de 42.000 postos de combustíveis sendo que, em média, são instaladas 3 bombas de abastecimento por unidade.

Em um cálculo rápido, chegamos a um parque instalado de 126.00 bombas de abastecimento em postos de combustíveis (porém temos como certo que o parque instalado é muito maior).

Leia também: A Importância do Instalador Certificado para o Segmento de Postos de Combustíveis

Podemos ainda considerar as bombas de abastecimento, além de serem utilizadas nos postos, também são utilizadas em transportadoras, fazendas, TRR’s , prefeituras e mais uma série enorme de outros segmentos.

Quando confrontamos o número de bombas de abastecimento com o número de empresas de instalação que possuem a autorização do INMETRO para operar, fica evidente a falta mão de obra especializada.

Nós podemos ajudá-lo a tornar-se um Mantenedor Certificado.

Para se tornar um Mantenedor Certificado, é necessário realizar um treinamento Técnico de Bombas de Combustíveis e apenas os Fabricantes de Bombas de Combustíveis possuem autorização e capacitação técnica para ministrar este curso.

A Gilbarco Veeder Root possui um Centro de Treinamentos Técnicos com estrutura de laboratório, oficina e recursos didáticos promovendo reciclagem técnica e aperfeiçoamento aos profissionais da área de manutenção.

Os técnicos dos mantenedores homologados pela Gilbarco Veeder-Root recebem um certificado dos Treinamentos Técnicos, aumentando suas chances de crescimento profissional para atuação em nosso segmento. Para aqueles que não são homologados, o treinamento é o mesmo, bem como o conteúdo e crescimento técnico disponibilizados.

É emitido um registro de participação, registrando as horas de aprendizado e permitindo melhores inserções no mercado profissional.

 

  • Compartilhe

Resultado da busca

Comentários

Conteúdos exclusivos com a propriedade de quem entende do seu negócio.

Assine a newsletter.

Nova call to action