New Call-to-action
Antônio Cristóvão
Tempo de leitura: 4 minutos – 22 de Abril de 2019

Manutenção de bombas: Como economizar?

A manutenção de bombas de combustível é indispensável para o bom funcionamento dos postos. Nesse processo é possível otimizar operações, evitar desperdícios de combustível e também impedir que falhas ocorram nos equipamentos. As empresas que não estiverem regularizadas ou que não conservarem o estabelecimento cujas bombas apresentam falhas frequentes cujas bom, estão sujeitas a perder espaço para concorrentes.


Agora você já deve estar se perguntando, porque é importante fazer a manutenção preventiva de bombas, afinal? E se eu não tiver condição alguma para realizar esses procedimentos? Embora muitos pensem que essa é uma ação que exige um investimento alto, é possível sim realizar a manutenção nos postos desembolsando pouco.

Quer descobrir como?

Veja, nesse post, o que pode acontecer se não fizer a manutenção preventiva de bombas de combustível, quais impactos o posto têm se a bomba fica parada e como é possível fazer as revisões de forma econômica e produtiva.

Confira!

A manutenção de bombas é importante?

A manutenção preventiva de bombas pode ser utilizada como estratégia para impedir custos maiores de conservação, além de melhorar o controle das atividades. É extremamente importante porque deixa os postos livres de acidentes, praticamente isentos de imprevistos que colocam em risco a segurança dos clientes e colaboradores.

Como fazer as manutenções do meu posto?

#1. Contrate serviços de manutenção preventiva

Por estarem ligados às questões ambientais, os postos precisam realizar a manutenção de bombas para impedir efeitos nocivos ao ecossistema. Apesar da prática ser extremamente importante, nem todos os estabelecimentos realizam a checagem periódica dos mecanismos, o que têm contribuído para gastos ainda mais expressivos quanto à multas.

Os serviços técnicos de manutenção preventiva e corretiva somente devem ser realizados por empresas especializadas e técnicos treinados pelo fabricante das bombas de abastecimento e credenciados pelo INMETRO (exigência legal em razão da eventual necessidade de remoção de lacres). A contratação de mão de obra qualificada e a utilização de peças de reposição originais irá reduzir as quebras/paradas repentinas, prolongar a vida útil das bombas e reduzir riscos de segurança.

#2. Realize a checagem frequente dos equipamentos

Bombas de combustível são os equipamentos mais usados em postos e por este motivo merecem uma atenção especial. Embora os reparos e serviços técnicos conforme mencionamos anteriormente, somente devam ser realizados por técnicos especializados, o proprietário do posto ou funcionário designado por ele deve manter uma rotina de inspeção visual das bombas com a finalidade de identificar eventuais vazamentos, falhas nos displays e na iluminação, falta de lacres, bem como realizar a aferição e limpeza dos equipamentos. Deve ser seguida a recomendação do fabricante das bombas para realizar a limpeza dos equipamentos, evitando-se a utilização de materiais abrasivos e/ou que possam danificar os adesivos e pintura, bem como jatos de água que poderão trazer danos aos componentes elétricos e eletrônicos.

Estes cuidados podem evitar despesas com perdas de combustível e remediação ambiental, além de garantir uma imagem atrativa aos clientes do posto.. Para prolongar sua vida útil e conseguir conservar um aspecto apresentável aos clientes, é aconselhado manter a limpeza e a higienização sempre em dia.

Vale lembrar que a limpeza das bombas só pode ser realizada com água e sabão, sendo totalmente dispensável o uso de esponjas e outros produtos. Dessa forma, o frentista não corre risco de danificar ou contaminar.

#3. Faça a troca do filtro de diesel regularmente

Ao verificar e limpar o filtro da unidade bombeadora regularmente e também o elemento filtrante do filtro diesel (se houver), o posto está garantindo a funcionalidade dos equipamentos, como também prolongando o valor e a qualidade dos seus produtos. Além disso, deixar informado ao cliente sobre as manutenções pode ajudar a aumentar a credibilidade e também o respeito com a sua marca.

#4. Confira os quadros elétricos de distribuição de energia

Quadros de distribuição de energia elétrica de alimentação das bombas e iluminação, devem ser inspecionados periodicamente por profissional qualificado para atestar que as ligações, aterramento e dispositivos de proteção estejam funcionando corretamente e desta forma, riscos e prejuízos com choques elétricos e queima de equipamentos sejam evitados.

#5. Verifique a funcionalidade dos equipamentos

Realizar a manutenção das mangueiras, correias e de todos os lacres dos tanques também é uma forma eficiente para prevenir acidentes e surpresas desagradáveis. Dessa forma você consegue verificar se todos os equipamentos estão em condições para desempenhar processos com segurança.

#6. Invista em treinamentos, qualifique e motive a equipe

Realizar a manutenção de bombas requer conhecimento e isso é algo que precisa ser compartilhado com todos os colaboradores. Por isso, oferecer treinamentos que ajudam a equipe a se manter atualizada e preparada é um diferencial gratificante para otimizar tempo e fazer crescer.

Vale destacar que a qualificação dos profissionais também contribui para uma melhor conservação de equipamentos, já que toda a equipe é instruída a fazer uso dos mecanismos de maneira correta e cautelosa, e também preparados para identificar eventuais falhas para que o gerente ou proprietário do posto sejam comunicados quando necessário.

#7. Cuide da área de lavagem

A área de lavagem de veículos é um espaço utilizado com frequência, que envolve fluídos em excesso e diversos produtos químicos. Caso a área permaneça ativa e a equipe não realize os cuidados necessários, isso pode acabar gerando uma condição propícia para contaminação do solo.

Para impedir isso, o dono deve verificar se os efluentes estão sendo devidamente drenados, orientar toda a equipe para fazer uso dos produtos sustentáveis (optar por aqueles que geram menor impacto ao meio ambiente) e para ficarem atentos quanto às demarcações específicas.

Gostou do tema? Continue então lendo o blog da Gilbarco Veeder-Root e acompanhe os outros conteúdos!

Nova call to action

 

  • Compartilhe

Resultado da busca

Comentários

Conteúdos exclusivos com a propriedade de quem entende do seu negócio.

Assine a newsletter.

Nova call to action