New Call-to-action
Wellington Granja
Tempo de leitura: 4 minutos – 24 de Setembro de 2019

Como aumentar a rentabilidade do meu posto de combustível


De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, existem cerca de 40 mil postos revendedores em operação no Brasil. Eles estão espalhados por todas as regiões do país, atuando em rodovias, pequenas estradas, cidades e metrópoles. Desse número, todos estão inseridos no varejo de combustíveis e, portanto, enfrentam diversos desafios atualmente.

Para começar, quem atua neste setor, sabe que as margens de lucro estão se achatando. O que significa ter um maior foco para manter as operações no azul. Obter bons resultados financeiros é algo que exige bons produtos, qualidade de atendimento, estratégia de mercado e, claro, um pouco de inteligência de negócios, aumentar as receitas e reduzir as despesas.

Olhando especificamente para ampliação do faturamento, atualmente temos um desafio para os empreendimentos que não estiverem dispostos a rever seus processos e inovar em seus negócios rapidamente.

Abaixo, você vai encontrar 4 dicas para ampliar a receita e garantir números mais consistentes para as operações do seu posto.

Com foco na receita, como aumentar o lucro real de um posto?

Dica nº 1: Ampliar o mix de produtos e serviços com melhores margens

Não é de agora que os postos de combustíveis têm se tornado mais do que locais de abastecimento de veículos. Eles estão sendo vistos como pequenas galerias comerciais, onde é possível ofertar diferentes produtos. Esse momento de transformação do varejo e do ponto de vendas deve ser compreendida pelos gestores do posto. Afinal, não há espaço para perder lucratividade.

O foco, então, é a ampliação do mix de produtos e serviços. E essa diversidade não deve se aplicar somente aos itens automotivos. É possível investir e criar lojas de conveniência, ofertas de food services e outros estabelecimentos comerciais. Ou então alugar o espaço para dar entrada a empreendimentos de terceiros, que irão ajudar a diluir o custo operacional do terreno e gerar outra forma de renda.

A presença de lojas de conveniência, bares, lotéricas e franquias de lanchonetes ou serviços tendem a melhorar a margem de lucro. Mais gente circulando e interagindo com os negócios do posto significa mais oportunidades de venda.

Mas atenção, também é preciso manter uma estrutura de custo saudável nos combustíveis e encontrar maneiras de aumentar a margem total do negócio. Portanto, invista na presença de serviços com valor agregado maior, diluindo a estrutura de custo total do posto.

Dica nº 2: Conheça melhor seu público-alvo

Postos possuem diferentes perfis de público, isso é fato. Cabe aos gestores compreenderem bem qual é o público de seus postos. O consumidor está em busca de experiências personalizadas e customizáveis. A experiência de compra deve ser direcionada para seu público, daí a importância de conhecê-lo bem.

Para desvendar seus clientes, o posto pode realizar ações de comunicação para engajar clientes a realizarem cadastros e convidar seus clientes a participarem de pesquisas de perfil.

E por falar nisso, um bom conhecimento de público contribui para o desenvolvimento de ofertas, promoções e ações de marketing mais certeiras. As quais podem ser desenvolvidas sob medida, com base no comportamento de consumo e preferências do público-alvo.

Vale lembrar que essas ações não precisam ficar restritas às vendas de combustíveis e podem envolver outros produtos, serviços e até lojas agregadas ao posto de gasolina.

Nova call to action

Dica nº3: Diversificar as formas de pagamento

Novas formas de efetuar pagamentos estão surgindo para o varejo de combustíveis. Aos poucos, o mercado foi caminhando das soluções mais tradicionais, como cheque e dinheiro, para os cartões de crédito, débito e vale-combustíveis. Agora, chegou a vez das soluções tecnológicas, como os TAGs (Sem Parar, Connect Car, Veloe, etc.) e pagamentos dinâmicos com celular, smartphone e smartwatches.

Todas essas soluções servem para diversificar as formas de pagamento e agilizar o atendimento na pista de abastecimento. A experiência de pagamento está se tornando cada vez mais importante nos últimos anos. Por isso, bancos, fintechs e empresas de tecnologia estão investindo em soluções modernas que desburocratizam esse processo.

Lembre-se que conforto e agilidade é tudo para ampliar a rotatividade de abastecimento e fidelizar seu cliente. Portanto, não meça esforços na adesão de tecnologias como as citadas acima.

Outro fator importante é que ainda engatinha no Brasil o uso de soluções digitais. Aquelas que se integram com os serviços do posto de gasolina para ofertar melhores experiências de consumo e benefícios, como milhagens e cashback. Já existem alguns apps no mercado brasileiro que integram os PDVs em uma rede de descontos vantajosa para o cliente.

Procure o contato dessas empresas e apps para gerar ainda mais valor nos seus serviços.

Dica nº4: Seja rigoroso com os desperdícios e as regulamentações

Fique atento aos desperdícios e à gestão de estoque do posto de gasolina. A melhor forma de evitar as perdas é trabalhando com um estoque on demand. Ou seja, totalmente alinhado com a demanda, ficando com cada vez menos combustível estocado “à toa”.

Essa mudança ajuda a disponibilizar mais capital de giro e garantir uma saúde financeira positiva para o negócio.

Evitar problemas de regulamentação também é fundamental. Multas ambientais são caríssimas e podem atrapalhar o posto de gasolina, assim como a falta de alvarás de vistoria e funcionamento.

Mantenha a “papelada” sempre em dia para evitar surpresas e prejuízos desagradáveis.

A chave para ampliar a rentabilidade é o investimento em tecnologia, a melhoria dos serviços e da experiência e, claro, a ampliação do volume de vendas para compensar a margem de lucro.

É preciso diversificar e inovar para manter-se competitivo neste mercado. Portanto, é hora de analisar o perfil do posto de gasolina, refletir sobre as mudanças necessárias e elaborar um plano de ação para a melhoria do seu faturamento!

  • Compartilhe

Resultado da busca

Comentários

Conteúdos exclusivos com a propriedade de quem entende do seu negócio.

Assine a newsletter.

Nova call to action